PPGCINE realiza evento virtual sobre mulheres e ditadura

Nos dias 8 e 9 de dezembro às 14h será realizada por meio da plataforma Youtube a primeira edição dos Encontros Interdisciplinares de Cinema (EICINE). O evento é promovido pelo Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Cinema (PPGCINE), da Universidade Federal de Sergipe. O tema, “As mulheres e a ditadura militar brasileira: diálogos entre jornalismo, política e cinema”, tem como objetivo debater sobre as ações de repressão, tortura e assassinato da ditadura militar contra mulheres brasileiras, sobretudo no resgate à memória dessas mulheres e à denúncia do terror de Estado perpetrado por mais de duas décadas no país.

Partindo do entendimento que o Cinema é uma ferramenta fundamental para potencializar análises políticas, sociais, culturais e estéticas da História, problematizando a complexidade dos fenômenos para além das análises simplistas e negacionistas, temos como intuito mobilizar a comunidade acadêmica e constituir espaços para socialização de pesquisas e discussão de temas importantes para a sociedade.

Os sinais do nosso tempo apontam horizontes sombrios: avanço de ideologias totalitárias sob novas vestes (neonazismo, neofascismo, neoconservadorismos); ações militares pautadas na “guerra ao terror” que produz o horror dos refugiados, das faxinas étnicas, da maximização da exploração humana pelo capital financeiro gerador da indústria bélica; matrizes culturais pautadas em reality shows que tão somente atomizam os homens como sujeitos de consumo, senão os produtos, ao menos a imagem deles; recrudescimento da violência contra mulheres, população preta, LGBTQI+; além da mais absoluta falta de memória histórica na apologia da ditadura como recuperação de um passado idealizado. O cenário reforça a impressão do avanço de um movimento neoconservador que, aliado às grandes corporações multinacionais, ao mercado financeiro e, sobretudo, à grande mídia, sinaliza perspectivas totalitárias.

Nesse movimento obscurantista de negação da história e apagamento da memória, passados 56 anos da eclosão do Golpe empresarial-militar de 1964 e 35 anos do fim da Ditadura Militar no Brasil, o cenário político do país tende a olhar para o passado negando as evidências históricas, as interpretações abalizadas nos documentos e vestígios do passado, tendendo à construção de narrativas que amenizam os horrores perpetrados pelo Estado brasileiro no período.

Na abertura, no dia 8, está programada a conferência Tempos de dizer, tempos de escutar: testemunhos de mulheres no Brasil e na Argentina, pela pesquisadora Profa. Dra. Danielle Tega (UEMS) e mediação da Profa. Dra. Claudiene Santos (DBI/PPGCINE/UFS). Com doutorado em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Danielle realizou pesquisa pós-doutoral no Núcleo de Estudos de Gênero – Pagu (Unicamp). Foi membro da Comissão da Verdade e Memória “Octavio Ianni” da Unicamp (2013-2015). É autora dos livros “Tempos de dizer, tempos de escutar: testemunhos de mulheres no Brasil e na Argentina” e “Mulheres em foco: construções cinematográficas brasileiras da participação política feminina”. Atualmente é professora substituta na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), pesquisadora do Centro Latino-Americano de Estudos em Cultura (CLAEC) e integrante do grupo de pesquisa “Teorias e militâncias feministas” (CNPq/Unicamp).

No dia 9, a jornalista Tatiana Merlino vai abordar o tema Heroínas desta História: Mulheres em busca de justiça por familiares mortos pela ditadura, com mediação da Profa. Dra. Maria Beatriz Colucci (DCOS/PPGCINE/UFS). Tatiana é jornalista de direitos humanos e escritora. Trabalhou como repórter e editora nos veículos “Caros Amigos”, “Brasil de Fato”, “Carta Capital”. É fundadora da “Ponte Jornalismo” e “Agência Pública”. Colabora com veículos Piauí, The Intercept, Repórter Brasil, O Joio e o Trigo, e Agência Pública. Recebeu quatro prêmios Vladimir Herzog de Direitos Humanos. Trabalhou na Comissão da Verdade de São Paulo. É coautora do livro “A Invasão Corinthiana”, coeditora de “Luta, substantivo feminino – Mulheres torturadas, desaparecidas e mortas na resistência à Ditadura”, organizadora de “Infância Roubada – Crianças atingidas pela Ditadura Militar no Brasil” e coeditora de “Heroínas desta História: Mulheres em busca de justiça por familiares mortos durante a ditadura”.

Outro destaque da mesa-redonda é a participação da jornalista Carla Borges. Formada em Relações Internacionais (UnB) e Mestre em Educação (USP), Trabalhou no Escritório da UNESCO em Genebra, no Ministério da Educação e na Secretaria Geral da Presidência da República. Criou e conduziu a Coordenação de Direito à Memória e à Verdade da Prefeitura de São Paulo na gestão de Fernando Haddad. Atualmente, presta consultorias e é colaboradora do Instituto Vladimir Herzog. 

O evento é aberto a toda a comunidade e organizado pelo Prof. Dr. Hamilcar Silveira Dantas Junior (DEF/PPGCINE/UFS), o Prof. Dr. Mário César Pereira Oliveira (DCOS/PPGCINE/UFS), o jornalista e mestrando Cristiano Navarro Peres (PPGCINE/UFS) e a jornalista, e mestranda Ayalla Anjos (PPGCINE/UFS). As inscrições podem ser realizadas gratuitamente na página de extensão do Sigaa https://www.sigaa.ufs.br/sigaa/public/extensao/loginCursosEventosExtensao.jsf, com direito a certificado. Todas as transmissões serão realizadas no canal no Youtube do Ppgcine. Em caso de dúvidas sobre a inscrição no Sigaa, consulte nosso manual: https://ppgcineufs.com/como-me-inscrever-em-eventos-da-ufs-pelo-sigaa/ ou entre em contato no e-mail hamilcarjr@hotmail.com.

08 de dezembro de 2020, às 14h
Conferência: Tempos de dizer, tempos de escutar: testemunhos de mulheres no Brasil e na Argentina
Conferencista: Profa. Dra. Danielle Tega (UEMS)
Mediação: Profa. Dra. Claudiene Santos (DBI/PPGCINE/UFS)
Local: Canal do PPGCINE – YouTube https://www.youtube.com/channel/UCuBNsbykmtBOM-pmQQQI44w

09 de dezembro de 2020, às 14h
Mesa-redonda: Heroínas desta História – Mulheres em busca de justiça por familiares mortos pela ditadura
Palestrantes: Jornalista Tatiana Merlino (Jornalista em Direitos Humanos); Jornalista Carla Borges (Consultora do Instituto Vladimir Herzog);
Mediação: Profa. Dra. Maria Beatriz Colucci (DCOS/PPGCINE/UFS)
Local: Canal do PPGCINE – YouTube https://www.youtube.com/channel/UCuBNsbykmtBOM-pmQQQI44w

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: