Dissertações

Acesse o site https://ri.ufs.br/ para a busca dos arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFS

Acesse as dissertações de 2018
Acesse as dissertações de 2019

2020

MAYSA SANTOS DA SILVA
Mulheres no cinema de Alagoas: Mostra Sururu de Cinema Alagoano (2009 – 2018)
Orientador : Maria Beatriz Colucci     Data: 28/07/2020
Esta dissertação investiga o cinema realizado por diretoras mulheres no estado de Alagoas, tendo como recorte temporal nove edições da Mostra Sururu de Cinema Alagoano (2009-2018). A pesquisa foi dividida em quatro etapas: a primeira parte reflete sobre a identidade do Nordeste, a produção cinematográfica da região e a presença feminina, destacando ainda a produção contemporânea de nordestinos e nordestinas; a segunda parte trata da trajetória histórica do cinema de Alagoas, suas principais vertentes de desenvolvimento e conquistas para o setor cultural. A terceira parte do trabalho descreve as edições da Mostra Sururu, ressaltando a participação de diretoras alagoanas. Na quarta e última etapa, a partir da percepção de diretoras que obtiveram destaque nas edições da Mostra Sururu, a pesquisa discute como suas narrativas refletem as questões de gênero no cinema, as determinações políticas, econômicas e sociais que marcam suas trajetórias, refletindo ainda os contextos nos quais os filmes estão inseridos e também a produção alagoana de autoria feminina no cinema.

ANA CAROLINA SOUZA DE OLIVEIRA
A narrativa transmídia sobre o suicídio em 13 Reasons Why: Uma proposta de análise a partir dos paratextos da série
Orientador : Tatiana Guenaga Aneas     Data: 25/03/2020
O objetivo desta pesquisa é compreender como a narrativa transmídia na série 13 ReasonsWhy produz extensões que buscam orientar sobre a temática da série, que aborda o suicídio na adolescência. Lançada em 2017, a trama seriada provocou grandes debates sobre o suicídio abordado na narrativa, o que desencadeou na concepção de produtos que focam na orientação sobre o tema e demais problemáticas apresentadas na série, a exemplo do site 13reasonswhy.info, trazido como amostra para a análise neste momento. Observa-se que é uma tendência que vai além da produção da série, pois outros espectadores também elaboram produtos que buscam orientar sobre o tema através da trama da série.

PALOMA DA SILVA SANTOS
Uma análise do filme “Agripina é Roma-Manhattan’, de Hélio Oiticica
Orientador : Carlos Eduardo Japiassu de Queiroz      Data: 12/02/2020
Este estudo procura analisar a obra Agripina é Roma-Manhattan(1972), a partir do conceito de “nãonarração” elaborado e exercido pelo artista Hélio Oiticica e das considerações sobre a narração no cinema moderno ancoradas no pensamento deleuziano. Com isso, tem o intuito de, por fim, verificar de que forma a “nãonarração” e a narratividade dos cinemas pós-guerra se aproximam. Para esta investigação foram realizadas pesquisas documental e bibliográfica, bem como análise fílmica. Assim, volta-se para um segmento da obra de Oiticica ainda pouco explorado e possibilita entrever como questões salutares a poética do artista são incorporadas à sua reflexão e prática cinematográfica e dialogam com uma parcela da cinematografia da época.

%d blogueiros gostam disto: